icon-fundo-transparente.gif

Bárbara Campos

Brasília, DF

Anos e anos de dieta me tiraram a paz de comer, o que deixou tudo mais pesado. Paz que estou recuperando por ter encontrado uma profissional competente, inteligente e que ama o que faz. Acredito que, para ser uma boa profissional, você também precisa ser uma boa pessoa, e isso é indiscutível na Marcela. O acompanhamento com ela me devolveu uma leveza na vida.

Eloíse Teles Novaes

Brasília, DF

Cheguei na nutrição comportamental depois de anos indo em nutricionistas convencionais, fazendo dietas e mais dietas, comprando livros de dietas malucas, emagrecendo, mas sempre voltando ao peso anterior, ou mesmo engordando até mais. Um dia percebi que algo estava errado nesse modelo que estava seguindo, e ouvi falar da nutrição comportamental em algum lugar. Resolvi pesquisar por profissionais da área em Brasília, e encontrei o site da Marcela. Entrei em contato para marcar a primeira sessão, que é mais um momento onde nos conhecemos e conversamos sobre nossos desejos e anseios. Bendito seja o dia que tive essa decisão. 
Já adianto que não é um caminho fácil. A Marcela vai puxando a gente daquele caminho de sempre, do óbvio, e nos mostrando que as coisas podem ser diferentes. Você chora, fica feliz, passa por vários momentos durante todo o tratamento, e finalmente entende as coisas de um jeito distinto. Para mim, a Marcela foi mais que uma nutricionista. Eu me sentia restaurando vários aspectos da minha vida, não somente a alimentação. Eu recomendo a nutrição comportamental a todos, e a Marcela em especial, que é uma profissional incrível, dedicada, além de ser um doce de pessoa. Obrigada Marcela!

Juliana Germano

Brasília, DF

Hoje, depois de preparar a minha comida e colocar no meu prato parei e fiquei rindo sozinha na cozinha, se vc me falasse que eu iria comer uma porção de salada deste tamanho ano passado, eu diria vc tá louca! Odeio folha crua, só como verdura cozida, mais uma das " verdades" que foram desfeitas sobre a lenda urbana construída em torno dos meus hábitos alimentares difíceis, a chata pra comer, aquela que nunca comia o que todos comem... Neste pouco mais de um ano após o acompanhamento que eu fiz com você, tenho me convencido de que a Nutrição comportamental foi um salto quântico, eu não entrei no seu consultório, querendo perder peso, eu queria apenas o que eu quis toda vez em que eu procurava um nutricionista, eu queria aprender a comer, crescer sendo rotulada de chata pra comer fez com que eu me agarrasse aos hábitos alimentares monótonos, sabores já conhecidos desde a infância. Perdi meu feeling, mas principalmente perdi a ousadia e a confiança na minha intuição que eu sabia comer, eu não gostava era da maioria das comidas que me eram oferecidas. E foi isso que eu recuperei com seu acompanhamento Marcela, guiada por vc a Nutrição comportamental me devolveu o feeling e a confiança de que nenhum nutricionista iria me ajudar a comer, eu já sabia, eu só precisava reaprender a ouvir meu corpo, a entender quando estou com fome de verdade e pela primeira vez na vida observar o que é saciedade e o que vai no meu prato além da comida, que emoção tempera aquela refeição. Depois do acompanhamento não sei se perdi peso, nunca mais me pesei, isso não era o foco antes e não é agora, mas já provei mais sabores novos neste período do que provei minha vida toda, descobri que gosto de rúcula, percebi que determinados alimentos são melhores quando estou na TPM, que outros não caem bem a noite, reaprendi a ouvir meu corpo e entendi que eu sempre soube comer, eu só precisava ser guiada de volta aquela voz interior que foi silenciada pelos rótulos e apelidos chatos referentes a comida. 

Hoje eu vou pra cozinha, com a alegria de quem tem plena consciência de que vai nutrir o corpo com o melhor que tiver na geladeira, entro no mercado e me permito ousar e descobrir que gosto tem e saber se eu gosto ou não daquilo, comer ficou mais leve independente do que vai no prato, porque minha alma está mais leve, amorosa e consciente de que eu posso oferecer sempre o melhor pro meu corpo. Sou extremamente grata a você, ao seu trabalho e ao nosso encontro.

Eliane Milazzo

Brasília, DF

Diferente de qualquer nutricionista que já fui, foi completamente LIBERTADOR o processo! Se vc quer mudar sua relação com a comida, com seu corpo e ter paz ao comer, não deixe de procurar a Marcela, excelente profissional e um doce de pessoa!!

Audrey Andrade

Brasília, DF

Eu andava triste e achando minha aparência horrível, até que conheci o trabalho da Marcela. A transformação na minha mente, foi perfeita. Comecei a ver que não sou mais escrava da comida, como por prazer e com prazer, devagar e saboreando cada alimento. Sei definir se estou com fome realmente ou se é uma emoção de momento.
Hoje posso dizer que sou uma pessoa melhor, fiz as pazes comigo, consigo me olhar no espelho e me achar bonita de verdade.

Claudia Lemos

Brasília, DF

Excelente profissional. Muito dedicada e atenciosa.
A nutrição comportamental mudou a minha vida! Consegui ter um estilo de vida saudável, sem sofrimento ou terrorismo. Fiz as pazes com a minha alimentação e com o meu corpo. Recomendadíssima!

Juliana Gomes Madureira

Brasília, DF

Nascida e criada em uma legítima cozinha mineira, com a comida colorida, diversificada, com pouquíssima (ou nenhuma) restrição, de repente me encontrei na idade adulta sendo orientada a seguir várias regras para exercer uma atividade tão intuitiva: comer! Comer de três em três horas, restringir vários alimentos, consumir outros que não faziam parte das minhas preferências alimentares. O resultado do trabalho da Nutricionista Marcela Brum foi, para mim, um reencontro com as minhas origens, com a minha maneira intuitiva e saudável de comer, sem neuras, sem cálculos, com atenção plena, com prazer!

Ligia Pereira Mendes Cardoso

Brasília, DF

Profissional compromissada.
Pessoa de um grande coração.
Recomendo!

Please reload