Você se compara com outras pessoas?

Quem nunca se comparou a outras pessoas que atire a primeira pedra, né não? Mas você já parou para refletir o quanto esse comportamento pode ser prejudicial inclusive no seu relacionamento com a comida e com o seu corpo? Quando nos comparamos normalmente nos sentimos menores, feias, inadequadas. Esses sentimentos costumam gerar tristeza e tristeza frequentemente gera comer emocional! Mas a comparação é apenas uma distorção cognitiva, até porque quando olhamos para a “vida perfeita” ou o “corpo perfeito” do outro estamos vendo apenas um pequeno recorte, não a realidade! Não sabemos o quanto aquela pessoa sofre para se manter magérrima, quantas noites ela foi dormir com o estômago roncando, quanta vontade de comer algo gostoso ela passou ou até mesmo quantas vezes ela vomitou sem ninguém saber. Além disso, imagine se toda mulher tivesse a bunda da Paola Oliveira que tédio seria! A beleza e a graça moram justamente na diversidade, de corpos e de vida! Sem falar que no caso da comparação entre mulheres há ainda mais um fator envolvido: o patriarcado! Enquanto as mulheres acharem normal competirem e se compararem as outras os homens continuarão dominando o mundo! Já passou da hora das mulheres pararem de se verem como eternas rivais e perceberem que juntas somos muito melhores e podemos muito mais!


Posts recentes

Ver tudo